sexta-feira, maio 18, 2007

Faleceu James D. Halloran

Faleceu James D. Halloran, uma figura da Universidade de Leicester, no Reino Unido, que marcou indelevelmente a investigação em comunicação de massas. Foi igualmente um investigador que dedicou enorme importância à educação para os media. Questionou as ideias, que tinha por primárias, de, na relação das pessoas com os media, e especialmente as crianças, colocar uma ênfase excessiva nos media, descurando os factores e dimensões do lado dos utilizadores.
“Identificar um objecto externo como causa dos males sociais - escreveu ele há mais de 20 anos - pode, entre outros efeitos, exonerar as pessoas do enfrentamento da real natureza desses problemas, inclusive o envolvimento e contributo que as pessoas possam ter dado para tais problemas, possíveis contradições inerentes ao modo de os formular e a aceitação das iniciativas necessárias à sua solução”
Halloran e Jones (1986: 14)

2 comentários:

dan3 disse...

no me había enterado, lo siento. Creo que le debo mis primeros cuestionamientos sobre esa abstracción que utilizábamos, "la audiencia". Con su ayuda seguro que varios modificamos la andadura hacia los públicos.
gracias manuel

Manuel Pinto disse...

Daniel,
gracias por el comemntario. En el otro blog, hago un recuerdo un poco más personal de Halloran:
http://mediascopio.wordpress.com/2007/05/18/morreu-james-halloran/