terça-feira, Fevereiro 18, 2014

Seminário sobre “Humor e Literacia Digital” com Luís Pereira 

Dia 18 de fevereiro (11h00) Sala de atos do ICS (UMinho, Braga)

Luís Pereira, investigador integrado do CECS, vai ser o responsável pela próxima sessão do Seminário Permanente de Educação para os Media, que se realiza na sala de atos do ICS (UMinho, Braga), no dia 18 de fevereiro, a partir das 11h00. Luís Pereira, doutorado em Ciências da Comunicação (especialidade de Educação para os Media) e um dos autores deste blogue, vai desenvolver a sua atividade sobre o que tem sido uma das vertentes dos seus estudos e projetos: o humor e a literacia digital. 



terça-feira, Outubro 08, 2013

Conferência Internacional «Os Livros e a Leitura: Desafios da Era Digital».

O Programa Gulbenkian Qualificação das Novas Gerações, organiza, no próximo dia 28 de outubro, a Conferência Internacional de Educação 2013 «Os Livros e a Leitura: Desafios da Era Digital».
A conferência tem como objetivo principal debater o papel do livro e da leitura na era da internet e ao mesmo tempo assinalar os 51 anos da existência do Plano de Edições da Fundação Calouste Gulbenkian, (FCG) criado para editar obras pouco atrativas comercialmente, mas essenciais para o mundo académico e para a formação das pessoas.
O evento terá como convidado principal Jürgen Habermas, um dos mais importantes e influentes filósofos da atualidade, que, da parte da manhã, falará sobre a Democracia na Europa, tema a que se tem dedicado nos últimos anos.
À tarde, Gustavo Cardoso apresentará os resultados do estudo sobre  leitura digita por ele coordenado, e que a FCG promoveu no último ano.
Destaque ainda para a presença do sociólogo John Thompson, que irá falar sobre o futuro do livro.
A conferência decorre no Auditório 2 da sede da FCG, em Lisboa, e tem entrada livre (sem necessidade de inscrição).
O programa completo é o seguinte:
9h30 – Sessão de Abertura
Artur Santos Silva
Eduardo Marçal Grilo
José Gomes Canotilho
Jürgen Habermas
10h00 –  Conferência de Abertura
“A Democracia na Europa”
Jürgen Habermas
11h00 –  Presidente: Manuel Carmelo Rosa
Gramática do Português – Apresentação da obra
Eduardo Paiva Raposo
Maria Fernanda Bacelar do Nascimento
Viriato Soromenho Marques 
14h30 -  Presidente: Ana Paula Gordo
“A Leitura Digital e a Transformação do Incentivo à Leitura e das Instituições do Livro”
Gustavo Cardoso
Carla Ganito
Luis Gonzalez Martin
José Afonso Furtado
16h45 –  Presidente: Eduardo Marçal Grilo
Conferência “O Futuro do Livro”
John Thompson
18h00 – Sessão de Encerramento
Eduardo Marçal Grilo
Manuel Carmelo Rosa
Henrique Monteir

terça-feira, Julho 02, 2013

"Literacias, leitura e digital, os desafios da escola atual" - Seminário em Vizela

A Rede de Bibliotecas Escolares de Vizela inicia hoje um seminário que se prolongará por quatro sessões de formação dedicadas ao tema genérico "Literacias, leitura e digital, os desafios da escola atual."


Programa

Dia 3 de Julho. Os desafios da escola atual

14h00. Receção. Entrega de documentação
14h30. Sessão de abertura: Ministério da Educação. Rede de bibliotecas escolares. Plano Nacional de Leitura. Câmara Municipal de Vizela. Centro de Formação Martins Sarmento.
15h00. Conferência inicial “Educação para a sociedade digital”
Vitor Barrigão Gonçalves. Instituto Politécnico de Bragança
16h00 Coffee-break
16h15. Literacias, leitura e digital, os desafios da escola atual.
Adelina Paula Pinto. Rede de bibliotecas escolares
Márcia Castro. Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes

Dia 4 de Julho. O desafio da leitura

14h00. A Escola e a construção de leitores.
Teresa Silveira. Universidade do Porto.
15h00. A utilização das novas tecnologias ao serviço da promoção da leitura recreativa.
Raquel Ramos. Rede de bibliotecas escolares.
16h00. Coffee-break
16h15. Apresentação do projeto Ler para aprender.
Professores bibliotecários do concelho de Vizela
17h00. Debate

Dia 10 de Julho. O desafio da literacia mediática

14h00. Literacia mediática e a construção da cidadania.
Manuel Pinto. Centro de Estudos de comunicação e Sociedade. Universidade do Minho.
15h00. A definir
Conselho Nacional de Educação
16h00 Coffee break
16h15. Apresentação do projeto da Escola de Infias – Gulbenkian
17h00. Debate

Dia 11 de Julho. O desafio do digital e do elearning

14h00. Etwinning.
Teresa Lacerda
15h00. Pordata
16h00. Coffee break
16.15. Literacia estatística ao serviço da educação.
Instituto Nacional de Estatística.
17h00. Apresentação da Escola Secundária de Vizela.
17h30. Encerramento.

quarta-feira, Maio 29, 2013

Encontro aberto no sábado, dia 1


Os que se interessam pelos cruzamentos entre os universo da comunicação e da educação estão convidados para o encontro com o Prof. Ismar Oliveira Soares, da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo, neste sábado, às 10h30, no Salão de Atos do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho (Campus de Gualtar). 
O Prof. Ismar é um dos académicos e ativistas de referência no campo da Educomunicação no Brasil, tendo por base o Núcleo de Comunicação e Educação da ECA. Um dos seus projetos mais recentes foi o lançamento de uma licenciatura sobre a matéria.
O encontro deste sábado, que designámos por "Educomunicação: Diálogos Luso-Brasileiros", é organizado pelo Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade no âmbito do Seminário Permanente de Educação para os Media e será uma oportunidade para dar a conhecer o que se faz nesta matéria na Universidade do Minho e, sobretudo, conhecer com mais profundidade as experiências do Estado de São Paulo e do Brasil.

domingo, Maio 19, 2013

Jornada sobre Publicidade Infanto-Juvenil

Decorre no próximo dia 20, na Universidade Lusófona do Porto, umas Jornadas sobre Publicidade Infanto-Juvenil que visam debater o parecer do Comité Económico e Social Europeu sobre "Um Quadro para a Publicidade destinada aos jovens e às Crianças", aprovado nos dia 18 de setembro de 2012. A entrada é livre.

PROGRAMA:

09.00 – Sessão de abertura

09.15 – "O Parecer do Comité Económico e Social Europeu de 18 de Setembro de 2012"
               Jorge Pegado Liz, Conselheiro do CESE
09.45 – "Publicidade Infanto-Juvenil: permitir, restringir ou proibir?"
               Sara Pereira, Universidade do Minho
10.15 – "As consequências nefastas da publicidade dirigida a crianças"
               Paulo Morais, Universidade Lusófona do Porto e Comissão Criança & Consumo/apDC
10. 45 – Pausa-Café
11.00 – "Inconvenientes da exposição das crianças e jovens à publicidade e ao marketing"
               Francisco Maia Neto, Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Risco
11.30 – "Os Regimes Mais Avançados dos Países Mais Desenvolvidos"
               Mário Frota, CEDC - Centro de Estudos de Direito do Consumo de Coimbra/apDC
12.00 – Debate
13.00 – Encerramento

Organização:
Instituto de Estudos Eleitorais da ULP
APDC - Associação Portuguesa de Direito do Consumo

segunda-feira, Maio 13, 2013

Comunicação e educação: o trabalho em rede


2º Congresso 'Literacia, Media e Cidadania'O congresso sobre “Literacia, media e cidadania”, que decorreu nos últimos dias no belo espaço do Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, deu sinais de que a literacia relacionada com os media vai ganhando algum lugar nas políticas publicas e nas agendas de cada vez mais pessoas e instituições. E isto porque a consciência do lugar desses meios, novos e menos novos, na vida das pessoas e da sociedade torna necessário e urgente fazer desse lugar um assunto de questionamento. Desde logo porque muitos cidadãos são excluídos dos benefícios que podem advir dos media e das redes digitais. Mas também porque muitas pessoas, de todas as idades e condições, ainda que tendo modos de aceder aos meios, não se sentem preparadas para acautelar os riscos e maximizar os benefícios, melhorando a qualidade da comunicação consigo mesmo e com os outros.


Uma das riquezas deste congresso foi permitir o encontro entre quem ensina, quem dinamiza actividades (por exemplo, nas biblioteca públicas ou escolares), agentes do campo técnico-político, reguladores, meios de comunicação e investigadores dos media e da educomunicação, entre outros.
No que se refere à literacia mediática , entendo, porém, que precisamos de avançar mais no diálogo com os profissionais dos media – com jornalistas, certamente, mas também com produtores, guionistas, designers, publicitários, criadores multimédia, gestores… Esse diálogo pode trazer vantagens para todas as partes e abrir territórios interessantes de cooperação e aprendizagem mútua.
Nesta linha, o painel que, no congresso, juntou ex-provedores de diferentes media para pensar as relações entre a atividade de provedor e a literacia mediática foi já um passo muito significativo. Recordo, desse momento, a chamada de atenção de Adelino Gomes para o facto de que a tarefa de dar a ver, que cabe aos jornalistas e, por extensão, a todos os profiss
ionais, se torna difícil ou mesmo impossível se o profissional não aprendeu e não sabe, ele próprio, ver, se não é um receptor crítico. Ao mesmo tempo, com profissionais de olhar incisivo e inteligente, capazes de se porem no lugar dos seus interlocutores e destinatários, todos beneficiam, já que ajudam a ir além das evidências e a tornar mais fundamentada e esclarecida a crítica e o contributo dos utilizadores. Há que prosseguir este trabalho de encontro, de escuta mútua e de trabalho em rede.

(Publicado na edição de hoje do jornal diário digital Página 1, da Renascença)

domingo, Maio 05, 2013

Alunos de Comunicação da UMinho participam na iniciativa '7 Dias com os Media'


Os estudantes do 3º ano do 1º Ciclo em Ciências da Comunicação e os estudantes do Mestrado em Comunicação, Cidadania e Educação, da Universidade do Minho, estão a organizar um conjunto de atividades no âmbito da iniciativa nacional '7 dias com os media'. As 22 atividades promovidas por estes estudantes decorrem de 3 a 9 de maio, sendo algumas das iniciativas abertas ao público em geral. Consulte a lista de atividades e junte-se à iniciativa.  Participe nas atividades dos estudantes ou faça a sua própria proposta, ainda vai a tempo. O importante é que estes sete dias sejam uma jornada de reflexão e de ação em torno do papel e do lugar dos media nas nossas vidas.
A iniciativa '7 dias com os media' é uma organização conjunta de cinco instituições: Comissão Nacional da UNESCO, Conselho Nacional de Educação, Entidade Reguladora para a Comunicação Social, Gabinete para os Meios de Comunicação Social e Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho.
As atividades dos estudantes enquadram-se nas Unidades Curriculares 'Media, Públicos e Cidadania', do 1º Ciclo em Ciências da Comunicação, e 'Media, Participação e Cidadania', do Mestrado em Comunicação, Cidadania e Educação.